terça-feira, 5 de junho de 2018

Um sonho realizado

Em 1998 José Luiz Gennari, um jovem advogado, sentiu em seu coração a necessidade de informar que, apesar de relegadas à segundo plano na sociedade, as pessoas com deficiência tinham os seus direitos garantidos por lei e que precisavam, acima de tudo, de respeito e oportunidades.

Foi assim que decidiu criar um “jornalzinho” para levar estas informações para muitas pessoas na cidade de Campinas. O nome Gente Ciente era bastante oportuno, pois unia tudo aquilo que ele mais acreditava. Pessoas (gente) conscientes (ciente) de seus direitos. Assim, em sua mente nascia o Jornal Gente Ciente, uma nova proposta de informativo direcionado à um público específico e bem especial.
Zelão, como era conhecido por todos, era uma pessoa aguerrida, incomodada com o marasmo social na qual viviam as pessoas com deficiência. Ele mesmo vivia esta realidade em sua própria pele. Paraplégico em razão de um ferimento à bala desde os 18 anos de idade, nunca se conformou com a condição de ser um “zero à esquerda” na sociedade.

Foi à luta, conseguiu alguns apoios e lançou a primeira edição do jornal e pode ver seu sonho se materializando à sua frente. Durante 12 meses comandou a edição e a publicação do mais novo jornal de Campinas, que logo ganhou a simpatia e apoio na cidade. Neste período as questões que envolvem as pessoas com deficiência já começavam a dar ares de respiro em todo o Brasil. Seu trabalho ganhou notoriedade e foi convidado a proferir palestras e a participar dos conselhos municipal e estadual dos direitos dos deficientes.

Todavia, Zelão descobriu tardiamente que sofria de uma hepatite em estado avançado. A luta pela vida tomou conta de seu tempo integral. Lutou feito um guerreiro espartano. Porém a doença foi mais forte e venceu o jovem sonhador. No dia 27 de abril de 1999 foi recolhido por Deus. Seu último desejo era que continuassem o seu trabalho, que o Jornal Gente Ciente se transformasse em seu legado.

Hoje, ao completar 20 anos, de trabalho, reconhecimento e sucesso editorial, o jornal, agora transformado em revista, é a prova viva de que seu trabalho seguiu em frente e o seu legado seguir é sempre despertando em todos que a vida é composta de trabalho e muita luta.

A Revista Gente Ciente, através de sua atual direção, seus funcionários, parceiros e colaboradores, registra aqui nesta edição especial, o nosso reconhecimento e gratidão permanentes.

Nenhum comentário: